SIOMS SIOMS

Nublado
Máximo: 34º Mínimo: 23º

30 de Março de 2020





WhatsApp Image 2019-10-25 at 09.17.38
25 de Outubro de 2019

No dia do dentista, profissionais se vestem de preto em protesto pacífico por valorização

No dia 25 de outubro é comemorado o dia do dentista, uma data especial para esses profissionais que, com seu trabalho e dedicação, garantem saúde e sorrisos para a população, porém em Campo Grande, especialmente os servidores municipais têm bem pouco a comemorar.

E para chamar a atenção da sociedade campo-grandense, o Sioms organizou um protesto pacífico em busca da tão necessária valorização profissional. O sindicato distribuiu kits EPI’s pretos para que seus sindicalizados usem neste dia e demonstrem sua insatisfação com o tratamento recebido pelo executivo municipal.

O presidente eleito do Sioms, David Chadid, explicou que a intenção do sindicado é expor aos campo-grandenses a situação real da odontologia no município. “Por muitos anos, fomos uma profissão valorizada em Campo Grande, com reconhecimento nacional, por meio de premiações. Hoje, a situação está muito diferente, não só em relação a salários, mas também a condições de trabalho e muitas vezes a sociedade não fica sabendo exatamente o que está acontecendo. Por isso tivemos a ideia de fazer este protesto, totalmente pacífico, para chamar a atenção”.

Entre as questões elencadas pelo Sioms, estão:
• Insatisfação pela falta de condições adequadas de trabalho, falta frequente de EPI (jalecos, máscara, luvas em tamanho adequado);
• Falta frequente de materiais odontológicos para realizar procedimentos;
• Equipamentos sem manutenção, com falta de peças;
• Salas odontológicas com mofo, infiltrações e sem as mínimas condições de atendimento adequado.
• Arroxo nos salários, por meio de cortes de auxílio distância de diversas unidades, falta de reajuste (nem mesmo a reposição da inflação), cortes de plantões, falta de pagamento do PMAQ, atraso e desrespeito quanto ao pagamento de mudanças de letra e quinquênio, pagamento parcelado de salários;
• Regras improdutivas de atendimento;
• Falta de auxiliares de saúde no quadro de servidores;
• Falta de odontólogos para suprir a demanda da população.

A atual presidente do sindicato, Marta Brandão, reforçou que a luta da entidade é por valorização. "Os cirurgiões dentistas de Campo Grande merecem respeito, por isso nosso sindicato estará sempre em busca da valorização, seja nos embates necessários, seja em protestos, como o de hoje".

O protesto dos cirurgiões dentistas é voluntário e pacífico e tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a falta condições de trabalho e valorização dos profissionais.


CADASTRA-SE PARA RECEBER NOVIDADES DA SIOMS